Thursday, February 28, 2013

Não espere por dias melhores...REINVENTE a sua empresa


Artigo escrito por Marco Antonio Oliveira Neves, Diretor da Tigerlog Consultoria e Treinamento em Logística Ltda

 

Em tempos de crise, a pior postura a ser assumida é a de esperar que as dificuldades passem, e permanecer passivo aos fatos que estão ao seu redor. Essa espera interminável levará a sua empresa a perder muito dinheiro, e se bobear, poderá comprometer a sua própria existência

 

Não fique esperando ou sonhando com dias melhores. Não acredite que o Governo tem a situação sob controle e que os indicadores macroeconômicos estão apresentando melhorias significativas. Não ache que no final do ano as coisas melhorarão e que após o Carnaval de 2013 o Brasil retomará a sua normalidade, voltando a crescer a taxas realmente representativas, acima de 5 por cento ao ano

 

Os indicadores macroeconômicos continuarão oscilando de forma confusa, ora com boas notícias, ora com más notícias. A verdade é que a economia vai mal mundialmente. A Europa levará alguns anos para recuperar-se totalmente. A renovação política realizada pelas recentes eleições na Europa mostra que o povo está realmente descontente no Velho Continente e que buscam desesperadamente novas soluções. Ideologias e fidelidade partidária ficaram para trás. Também não espere muito do Japão e nem dos Estados Unidos. Ambos não terão força suficiente para mover a grande roda da economia mundial. E quanto à China, Crescerá é claro, mas menos do que o necessário para compensar as perdas apontadas pelos outros países. E lembre-se, que como nós brasileiros, a China também precisa passar por profundas reformas estruturais para garantir um crescimento sustentável no longo prazo. Nem vamos falar de Mercosul, combinado

 

Somos vítimas da globalização, e assim será cada vez mais daqui para frente. Não dá mais para achar que o mercado interno brasileiro servirá por si só para sustentar o avanço da economia. A desconfiança do consumidor em relação ao panorama socioeconômico futuro vem aumentando, e com isso ele reduzirá a sua exposição a novos riscos, comprando menos bens duráveis e semiduráveis, evitando endividar-se no médio e longo prazo

 

O que fazer então, ficar parado e esperar o que vai acontecer, Confiar no Governo e esperar que ele faça algo pela sua Transportadora / Operador Logístico, Não espere muita coisa do poder público, a não ser arrecadar mais impostos para compensar a sua total incompetência na gestão dos recursos obtidos

 

É hora de olhar para dentro da sua empresa, reinventar-se, fazer as coisas de formas diferentes, identificar oportunidades de redução de custos e de aumento da produtividade. Produtividade  Afinal, o que sabemos disso, visto que estamos despencando no ranking mundial de produtividade

 

Comece se familiarizando com os números da sua empresa. Verifique se eles são realmente confiáveis. Se não forem, faça com que sejam. Se preciso mude de contador, compre um novo sistema de gestão, estruture o departamento financeiro, mas não fique parado e nem engane a si próprio com números incoerentes

 

A partir dos números, identifique as grandes distorções na estrutura de custos e despesas e abra em detalhes as contas mais representativas. Estude a fundo cada item; faça uma verdadeira auditoria e avalie pessoas, processos, tecnologias e infraestrutura existentes por detrás de cada oportunidade. Esse é o importante momento de REINVENTAR-SE e redesenhar a empresa para uma nova realidade de mercado

 

Complemente essa etapa com a voz do Cliente. Escute seus principais clientes. Permita que eles falem a vontade de você. Contente-se com os elogios, mas preocupe-se realmente com os pontos a serem desenvolvidos. Agradeça-os por isso, pois permitirá que a sua empresa enxergue novas oportunidades de melhorias

 

Tudo isso parece simples e fácil, mas não é infelizmente. Não faça isso sozinho, não dará certo. Conte com a ajuda de profissionais externos, familiarizados com as melhores práticas de mercado. Pense em investimento e não em custo. Pessoal interno, por mais qualificado que seja, tenderá a criar mais obstáculos do que facilitar as mudanças, já que eles mesmos poderão se tornar vítimas dessa nova ordem

 

Agindo dessa forma, procurando REINVENTAR-SE focando na melhoria contínua, não haverá crise para a sua empresa, e ela saberá atuar de forma competitiva em qualquer cenário

 

Lembre-se de Charles Darwin, não é a mais forte das espécies que sobreviverá, nem a mais inteligente, mas aquelas com maior capacidade de resposta às mudanças.


No comments:

Post a Comment